Assine nossa newsletter

Aeroportos brasileiros têm novas regras para bagagens de mão


Aeroportos brasileiros têm novas regras para bagagens de mão

Começaram a valer na segunda-feira (13) as novas regras para as bagagens de mão nos aeroportos de Congonhas (São Paulo), Santa Genoveva (Goiânia), Salgado Filho (Porto Alegre), Galeão (Rio de Janeiro) e Santos Dumont (Rio de Janeiro). A partir de agora, as bagagens que estiverem acima do tamanho padrão terão que ser despachadas pelos passageiros e podem ter cobrança extra. Os valores variam de acordo com a companhia aérea e partem de R$ 59.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), as medidas da bagagem de mão são 55 centímetros (cm) de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade e foram padronizadas pelas empresas para melhor acomodação, conforto e segurança.  A Abear disponibilizou um molde com as dimensões da mala para que os passageiros possam testar, antes do check in, se a mala está na dimensão correta.

A medida já estava em vigor nos aeroportos Juscelino Kubitschek (Brasília), Afonso Pena (Curitiba), Viracopos (Campinas/SP), Aluízio Alves (Natal), Confins (Belo Horizonte), Pinto Martins (Fortaleza), Guararapes (Recife) e Val-de-Cans (Belém). Esses aeroportos realizaram o processo de orientação dos passageiros a respeito do tamanho correto entre os dias 24 de abril e 12 de maio.

Os aeroportos que continuam na fase de orientação de passageiros são Luís Eduardo Magalhães (Salvador) e Internacional de São Paulo (Guarulhos), onde o despacho obrigatório começa em 23 de maio.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil




Por
15/05/2019


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!