Assine nossa newsletter

INTERNACIONAL: As melhores praias da Flórida


INTERNACIONAL: As melhores praias da Flórida

Anelise Zanoni | ane@waycontent.com

Miami e Orlando são sempre os primeiros destinos turísticos que vêm à mente quando falamos de uma viagem à Flórida, nos Estados Unidos. Mas o estado americano mais ao sul do país vai muito além dessa combinação e, para quem gosta de sair do óbvio, há praias com águas límpidas, tranquilas e com muita diversão!

As regiões de Paradise Coast e St. Pete/Clearwater, por exemplo, abrigam as melhores praias do país. A pouco mais de uma ou duas horas de viagem de carro a partir de Miami e Orlando, as duas áreas são geralmente frequentadas pelos americanos, que nesta época do ano fogem do inverno rigoroso e rumam às praias ensolaradas, contrastando com o restante do país.

Para embarcar nessa viagem, selecionamos dois roteiros para vocês colocarem essas regiões na próxima viagem aos Estados Unidos. Eu garanto que vale a pena estender o passeio para fugir um pouco do roteiro óbvio que os brasileiros conhecem.

 

PARA QUEM VIAJA A PARTIR DE ORLANDO

Para quem sai dos parques de Orlando, é uma ótima ideia descansar o corpo no mar e na areia branquinha. A viagem pode iniciar em Clearwater Beach, que em 2016 ganhou o título de praia número 1 dos Estados Unidos. Depois de passar pelo litoral (que só nessa região tem 56 quilômetros de praias), aproveite a gastronomia local e caminhe pelos píers. Nessa viagem destaco alguns lugares:

 

St. Petersburg

É uma cidade encantadora, que tem ritmo leve. Pelo centro da cidade é comum encontrar muros com pinturas em grafitti e restaurantes moderninhos. Embora tenha praias encantadoras, a cidade destaca-se principalmente pelo amor à arte.

Em St. Pete está o Museu Dali, que conta uma coleção impressionante, fruto de uma amizade entre Salvador Dali e o casal Morse, que criou o museu. No total são 2,1 mil obras de diferentes momentos de vida do artista incluindo quadros pintados a óleo, desenhos originais, ilustrações de livros, fotos e esculturas. Além do impressionante acervo, a arquitetura do local também chama a atenção.

Outro destaque artístico é a Chihuly Collection, uma galeria de arte que exibe diferentes e coloridos trabalhos feitos com vidro. O artista Dale Chihuly é um pioneiro nessa área e transforma o vidro em peças de arte com formatos inusitados e criativos. Uma das atividades para quem visita é assistir à transformação do vidro, em um espetáculo intimista no qual os visitantes vão à área de produção do artista.

 

Clearwater

Uma das mais disputadas praias da região tem areia extremamente branca e mar azul. Pela orla é possível praticar vôlei de praia, esportes aquáticos e fazer passeios de barco durante o dia e à noite (com jantares, inclusive!).

Os hotéis pé na areia são comuns por lá. Destacamos o Sheraton Sand Key Resort, que fica praticamente dentro da praia. A área ao ar livre convida para o descanso: tem piscina levemente aquecida, espreguiçadeiras, redes e até transporte em carrinho de golfe para quem prefere descansar as pernas pra ir à praia (a faixa de areia é grande, e uma caminhada até o mar leva uns 5 minutos). Além disso, conta com um premiado restaurante para o jantar.

Outra atração imperdível é o Clearwater Marine Aquarium, um local que coloca em prática a ideia de cuidar bem da natureza. Apesar de ter o nome de aquário, é um hospital para animais marinhos. Uma das estrelas é o golfinho Winter, que já atuou no cinema e tem uma prótese na cauda devido a um acidente que arrancou um pedaço do bichinho.

 

Tampa

A cidade é caminho para as praias e está a cerca de 130 quilômetros de Orlando e a menos de 40 quilômetros de Clearwater. Além de merecer uma paradinha, Tampa pode ser uma boa pedida para quem ainda quer sentir de novo o gostinho dos parques de diversão.

O Busch Gardens é um dos grandes destaques por lá: tem contato direto com a natureza e muita adrenalina com as montanhas-russas. A imersão na flora e na fauna ocorre em atrações que permitem alimentar animais como cangurus, flamingos e outras aves e conhecê-los de perto em safaris ao lado de dezenas de girafas ou experiências de encontro com bichos-preguiça e outros animais exóticos. Para quem gosta de atividades radicais, há atrações que despencam em alta velocidade, chegam muito perto da água e testam todos os limites da gravidade!   

 

PARA QUEM VIAJA A PARTIR DE MIAMI

Apesar de Miami ser repleta de praias, partir para o lado esquerdo do mapa tem muitas vantagens. Um delas é conhecer destinos de férias de muitos americanos e estar em contato com praias banhadas pelo Golfo do México. Um dos destaques é a região de Paradise Coast, que conta com um litoral encantador, repleto de praias lindas e estrutura de muita qualidade. Indicamos um pequeno roteiro:

 

Naples

A cidade tem personalidade forte. Pela rua principal, a 5th Avenue, flores penduradas e dispostas em canteiros contrastam com uma variedade de cafés, restaurantes e lojas de luxo. Por vezes é comum ver grupos de terceira idade bebendo vinho, dando risadas ou passeando em carros conversíveis.

Na orla, o Píer deixa a praia ainda mais bonita. A plataforma que adentra o mar tem banheiros, água fresca e potável e ainda é ponto para lindas fotos. O local é bastante frequentado por famílias, isso porque tem águas mansas e muito azuis - em contraste com a areia branquinha.

Em Naples destaco como hospedagem o La Quinta Downtown, um hotel muito prático e bem localizado. Os quartos são amplos e contam com frigobar e microondas, o que é uma grande facilidade para quem viaja com crianças. Ainda conta com piscina levemente aquecida e com um café da manhã pequeno mas muito completo: tem cereais, ovos, waffle, bolinhos, pães e iogurte.

 

Tin City

É um lugar especial, onde funcionava uma vila de pescadores, e deve estar no seu roteiro pela cidade. Fica um pouco mais afastado da praia, mas tem vista para a água, o que proporciona uma experiência diferente durante o dia ou à noite! O complexo conta com bares, restaurantes e muitas lojinhas que vendem artesanato, roupas, chapéus e muitas utilidades para quem está de férias.

 

Jardim Botânico

É um verdadeiro refúgio e merece pelo menos duas horas de visita, porque é um lugar excelente para percorrer com calma. O Jardim Botânico é dividido em áreas que têm espécies de cada região que dá nome aos ambientes. Um das que mais chama a atenção é o Brazilian Garden, uma homenagem a nós, brasileiros, e à nossa rica fauna. A área do Brasil recebe assinatura de Burle Marx, o que faz a gente entender por que é tão bonita! Há também uma área infantil muito linda e interativa, com direito a brincadeiras em casinhas, em zona molhada e regadores para plantas.




Por
21/06/2019


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!